Espírito Santo - BLH Hucam cria projeto de incentivo à doação de leite materno durante a pandemia em parceria com universidade

Equipe multidisciplinar e alunos da Ufes implantaram ações de promoção, orientação e incentivo à doação de leite humano

O desenvolvimento de ações de enfrentamento à pandemia de Covid-19 e em prol do aleitamento materno requer articulação entre atores sociais. Para incentivar as doações de leite humano durante esse período, o Banco de Leite Humano do Hospital Universitário Cassiano Antonio de Moraes (Hucam) e o Departamento de Fonoaudiologia da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) estão com o projeto "Estratégias de Solidariedade na Doação de Leite Materno nos tempos de Covid-19”.

A iniciativa teve início durante a Semana Mundial de Aleitamento Materno 2020 e vai até dezembro. A partir de projetos de extensão da universidade, uma equipe multidisciplinar do BLH e 27 alunos da instituição implantaram ações de promoção, orientação e incentivo à doação de leite materno durante a pandemia. Os objetivos norteadores são promover informações sobre a importância da doação; desenvolver atividades de acordo com as orientações técnicas para o contexto de Covid-19; sensibilizar e capacitar a equipe do hospital; e informar, sensibilizar e educar as mães doadoras, incentivando assim a difusão da doação de leite humano.

O projeto começou com o treinamento dos participantes do projeto e a elaboração de material informativo “tag” sobre doação de leite materno, que é distribuído às lactantes internadas na maternidade. O primeiro passo para integrar profissionais da Saúde, família, lactantes e pacientes internados no HUCAM à identidade do projeto.

A segunda ação faz parte da iniciação científica universitária “Análise do Serviço de Teleconsultoria com a Equipe do Banco de Leite Humano nos Tempos de Covid-19” e consiste no atendimento por teleconferência, por meio do Serviços Telessaúde ES, para evitar o deslocamento das famílias à maternidade. Três enfermeiras, uma fonoaudióloga e uma médica realizam 30 atendimentos por mês.

“Doadoras de Leite do Futuro” é a terceira etapa do projeto e resultará na pesquisa acadêmica “Efetividade e impacto das ações do Projeto de Extensão - Estratégias de Solidariedade na Doação de Leite Materno nos tempos de Covid-19”. Está sendo realizado o monitoramento de gestantes e lactantes sobre sintomas da Covid-19 e o processo de aleitamento materno. O Telessaúde ES oferece suporte e orientação às mães que enfrentam dificuldade na amamentação e necessitam de orientações.

A parceria, além da repercussão positiva na promoção da saúde materno-infantil, demonstra a importância do trabalho dos BLHs com universidades, trazendo o aleitamento materno à formação de futuros profissionais da Saúde. As duas pesquisas acadêmicas resultantes do projeto devem ser publicadas em 2021.